REPLogo9.png
Escola.png

Ensino Público

 

Reprovação Escolar: consenso pelo fracasso

 

Nonato Menezes

 

O fracasso do nosso Ensino Básico chega a ser acintoso. Como é acintosa, em suas iniquidades, a própria sociedade brasileira. Difícil, porém, querer negar certo determinismo histórico como uma das causas irremediáveis das nossas mazelas educacionais. A despeito disso, é inquietante convivermos com a falta de vontade, de ausência de desejos e esforços mínimos necessários dos que governam as coisas do País para supera-las, pelo menos no nível de outras nações pobres ou mais pobres que a nossa foram capazes de fazer.

 

Ler mais

TESTE

 

Em 2006 durante a feira de aviação de Fairford, na Inglaterra, foi realizada uma rara demonstração pública de uma dos aparelhos mais estratégicos da aeronáutica norte-americana, o bombardeiro B-2 Spirit. Com tecnologia furtiva que o torna invisível aos radares, suas aparições são sempre rodeadas de cuidados para que ele não seja espionado por empresas e governos de outros países. 

 

<div style="page-break-after: always">Mais...<div>

 

Quando o B-2 fez seu voo de exibição ao público entretanto, alguns oficiais britânicos discretamente posicionados próximos à pista do aeroporto testaram um radar desenvolvido localmente com novos sensores que conseguiu rastrear perfeitamente o avião. Essa cena foi filmada e foi um dos assuntos do jornal da noite da televisão britânica, onde apareciam os jovens e sorridentes oficiais contando a história.

 

 

Ferrovias.png

A Privatização das Ferrovias Freou o Brasil

 

O histórico do desmonte das ferrovias no Brasil

 

Por Cléber Sérgio

 

É interessante dizer que o Brasil é o único dos países de dimensão continental que promoveu tal processo de desmantelamento do modal ferroviário. Falar sobre as inúmeras vantagens do modal de transportes ferroviário (trens de carga, de passageiros, metrôs, vlt's etc) sobre o rodoviário é chover no molhado.

Ferrovias2.png

A Privatização das Ferrovias Freou o Brasil

 

O histórico do desmonte das ferrovias no Brasil

 

Por Cléber Sérgio

 

É interessante dizer que o Brasil é o único dos países de dimensão continental que promoveu tal processo de desmantelamento do modal ferroviário. Falar sobre as inúmeras vantagens do modal de transportes ferroviário (trens de carga, de passageiros, metrôs, vlt's etc) sobre o rodoviário é chover no molhado.

Favelas.png

Favelas - A Indignidade Brasileira

 

Rua 1, beco 10, casa 55: o Brasil dos que não têm endereço postal

 

María Martín

 

Com mais de 11 milhões de pessoas em favelas, país tropeça na regularização fundiária. Faltam dados oficiais sobre população sem títulos de propriedade

África Mãe

Tim Maia

 

Viemos de um mundo

Distante além

Do alto mar

Nos trouxeram sem permissão

Tivemos que ficar

Viemos de um navio

Sem a mínima condição

E aqui nos forçaram

A trabalhar, meu irmão

 

Mas eu insisto

Pois eu existo

Quero respeito, não abro mão

E sem nos dar a mínima

Ou estudar

Para que jamais ficássemos

Em condições igual

Humilhação, maus tratos

Surras, torturas sem igual

Quase total extermínio

De uma raça tão legal

Capaz, inteligente e sobretudo bonita

E os anos se passaram

E foram passando

E pouca coisa mudou

Mas eu insisto

Porque existo

Quero respeito, não abro mão

E pouca coisa mudou

Pois o povo

Que aqui foi trazido acorrentado

Ainda continua preso a condições

Ainda piores que no passado

Escravidão

Ainda é visível e constante

O preconceito, firme e ambulante

Mas eu insisto

Eu não desisto

Quero respeito, não abro mão

Pois em toda parte

O racismo existe

E quando isso existe

Fica tudo muito triste

Pobre, verdadeiro e cruel

E para que isto mude

Cada um tem que fazer o seu papel

Exigir respeito

Andar direito

Ser exemplar

Levantar o peito

Erguer a cabeça

E ter confiança

Formar lideranças

Para conduzir

Essa gente bela

Sem esperanças

Todas as aquarelas

Juntas em uma só cor

Agora essa casa é sua

Esse prédio, essa rua

Foi você quem construiu essa cidade

Esse país é nosso

Esse mundo é nosso

Ele é meu e ele é seu

É de todos nós

De todas as raças, cores

Credos, seitas e religiões

Mas eu insisto

Porque existo

Quero respeito, não abro mão

Temos que conviver juntos

Ecumenicamente

Pois agora somos todos irmãos